Objetos Misteriosos Capturados Nos Anéis de Saturno

 

A Sonda Cassini da NASA capturou “bolas de neve” deixando rastros brilhantes e modificando a harmonia dos aneis de Saturno. Centenas de objetos, de até um quilômetro de diâmetro, foram observados pela câmera da sonda espacial, causando estragos em um dos anéis de Saturno.

Os objetos são, segundo cientistas, na verdade, “bolas de neve” criadas por algumas das 60 luas de Saturno, como Prometeu. Eles foram capturados em fotografia, perfurando o anel F de Saturno, o mais externo dos anéis principais do planeta, com um raio de cerca de 140.000 quilômetros.

Objetos Misteriosos Capturados Nos Anéis de Saturno

Carl Murray, um membro da equipe Cassini, na Queen Mary University de Londres, baseado nas imagens disse: “Eu acho que o anel F é o mais estranho anel de Saturno e estes últimos resultados da Cassini vão mostrar como o anel F é ainda mais dinâmico do que pensávamos”. Estes resultados nos mostram que esta região do anel F é uma região bem movimentada de objetos com tamanhos a partir de 0,8 Km de diâmetro, na zona das luas, como Prometeu, criando um show espetacular.

Os cientistas já sabiam que estes objetos, que são relativamente grandes como Prometeu (148 quilômetros de diâmetro) podem criar canais, ondulações no anel F, entretanto os cientistas não sabiam o que acontecia com e essas “bolas de neve” depois que elas eram criadas, disse Murray.

Alguns, destes objetos certamente foram quebrados por colisões ou forças órbitais em torno de Saturno, mas agora os cientistas têm evidências de que alguns deles, os menores, sobrevivem em suas diferentes órbitas, significando que eles passam a cruzar através do anel F por conta própria. Estes pequenos objetos parecem colidir com o anel F a velocidades suaves – algo na ordem de cerca de dois metros por segundo. As colisões arrastam partículas brilhantes de gelo para fora do anel externo, deixando um rastro típico de 40 a 180 km de comprimento.

Fonte: Daily Mail – UK
Leia a matéria (em inglês) e na íntegra, com mais fotos AQUI
Tradução e adaptação de texto: Gério Ganimedes

Comentário do Autor
Tudo bem que sejam bolas de neve, agora não me venham contar, que Papai Noel existe e que na verdade vem de Saturno, jogando bolinhas de neve na cabeça das renas. Explicam coisas baseados em fotos sem nem mesmo estarem perto o suficiente para ver se são reais, no entando ao surgir um objeto voador não identificado numa fotografia ou vídeo, eles logo esbravejam: “Vida extraterrestre não existe e esta foto é falsa”. Curiosa esta metodologia astronômica da NASA.

Gério Ganimedes
Direitos Reservados – Projeto Quartzo Azul©©

Anúncios

Imagem

Faça um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: